segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Resenha: Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter

Título: Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter
Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord 
Autor: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Ano2016
Páginas352


Bom dia leitores!
Mais uma resenha de romance de época e o livro da vez é o segundo livro da série Os Números do Amor da Sarah MacLean lançado em setembro pela Arqueiro.  O primeiro livro Nove Regras A Ignorar Antes de Se Apaixonar já foi resenhado no blog, para conferir a resenha só clicar aqui. ^^

Isabel Townsend é filha de um conde. Mais conhecido como o conde perdulário, o pai de Isabel só quer saber de gastar e se divertir, deixando a jovem crescendo isolada no interior criando o irmão pequeno da melhor forma que consegue.

Em meio a ausência do pai, a morte da mãe, e as dificuldades financeiras, Isabel se tornou uma mulher independente, esforçada e com uma personalidade forte e que acredita que não precisa dos homens para nada. Ela administra a propriedade que um dia será de seu irmão com uma ajuda muito peculiar, mas a morte de seu pai, vem para abalar a segurança de sua família.

Preocupada com a falta de dinheiro para mandar o irmão para a escola e para a manutenção da propriedade, Isabel decide vender a única coisa que possui: uma bela coleção de estátuas gregas. É ai que surge Lorde Nicholas St. John, irmão gêmeo do Marquês de Ralston, e o solteiro mais cobiçado da temporada em Londres.

Lorde Nicholas, um especialista em antiguidades, vai para o interior para fugir das jovens solteiras que não param de o perseguir em busca de um bom casamento e lá conhece Isabel, uma mulher diferente de todas as mulheres da nobreza que já conheceu e que definitivamente não quer saber dele, a não ser para avaliar e vender suas estatuas.

Apesar dos clichês sempre presentes em romances de época eu não consigo deixar de ler. Alguns livros são simplesmente bons demais hehehe Isabel é a típica mulher que não quer um homem mandando nela, e apesar de não conseguir resistir aos encantos de St. John, tem sua vida e a de sua família em primeiro lugar e isso foi um ponto positivo para a história. Isabel é uma personagem encantadora e ao mesmo tempo em que é forte também é vulnerável, mas não de uma forma ruim, demonstra que também é humana e tem suas fraquezas, mas quando precisa se impor e proteger aqueles que ama ela é uma leoa.

Nicholas é um personagem bem clichê, o cavalheiro que não pode ver uma mocinha em perigo que já corre para salvá-la mesmo sem saber se ela precisa de ajuda. No começo ele foi bem irritante, mas mesmo assim o carisma dele é enorme e desde o primeiro livro eu já gostei dele.

Os personagens secundários foram incríveis e a autora os desenvolveu da melhor maneira. Lara e Rock foram tão fofos, e o irmão da Isabel é muito divertido hehe A narrativa em terceira pessoa, é leve e divertida e muito romântica, uma leitura gostosa e fluída.

A edição da arqueiro como sempre não deixa a desejar, o papel é ótimo e a letra de um tamanho bom e a capa qie está linda demais! =) Apesar de ter achado o primeiro livro melhor, esse não deixa a desejar e cumpre seu papel muito bem.

Então recomendo muito para quem ama romances de época! Você já leu? Não deixe de comentar e me falar o que achou dessa novidade da arqueiro.

Beijos

12 comentários:

  1. Hey! Eu amo demais livros de época, esse ano realizei meu grande desejo de começar a ler Jane Austen e estou ainda mais apaixonada. Contemporâneo, eu só li mesmo dois de Julia Quinn ☺ Fico sempre curiosa, mesmo como você disse, sempre tem esses clichês, rs. Flores no Outono 

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Também achei a Isabel uma mulher encantadora. Adorei toda essa história, principalmente o Nick, como resistir a esse homem? Hahahahahah! Adorei sua resenha, espero ansiosamente pelo próximo volume dessa série <3

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi. Primeiro, parabéns pela resenha.
    Bom, eu não curto romances de época e nem livros com continuação, salve algumas raras exceções. Como você bem citou, tem os clichês naturais que vem recorrendo nos livros lançados, mas para quem gosta, não consegue deixar de ler. Outra coisa que concordo com você, a Ed. Da Arqueiro é sempre maravilhosa.

    ResponderExcluir
  4. já comigo os clichês presentes nessas obras sempre me fazem evitá-las... já tinha ouvido falar desse titulo, mas não me empolguei pra ler... pra quem curte romances de época, deve ser uma leitura leve e despretensiosa...
    bjs...

    ResponderExcluir
  5. Que bom apesar de irritante o mocinho conseguiu convencer rs. Eu gosto bastante dessa vibe de salvar a mocinha xD. Adorei a resenha e pretendo ler essa serie. Deixa só comentar uma coisinha, esse cordão da capa é maravilhoso demais.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Essa capa é tão linda! Ainda não pedi porque quero ler o primeiro livro antes, mas tô numa vibe romance de época maravilhosa haha
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  7. Carol, querida
    Infelizmente dessa vez o livro não despertou meu interesse, pois não sou muito chegada em realizar a leitura de livros de época, mas achei a capa linda.

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto do gênero apesar de ler pouco, o clichê não é problema pois não há livros bons de romance sem eles! Então é uma leitura que eu faria sim.
    Ótima resenha!

    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Carolina.
    Penso o mesmo que você a respeito de romances de época, geralmente são bem clichês, mas os personagens nos fazem suspirar e ficar apaixonadas, haha
    Tenho grande vontade de ler os livros da Sarah e parece que irei gostar bastante, sou extremamente apaixonada por personagens assim!

    ResponderExcluir
  10. Oie
    o titulo está muito legal e atraente mas eu não sou fã desse tipo de leitura mais de época, mesmo que ouça muitos elogios, no momento vou deixar passar a dica, mesmo assim parabens pela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Embora eu não goste de romances históricos, esse em especial me interessou, bem como o seu antecessor. Futuramente vou dar uma chance, sem dúvidas. Adorei sua resenha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  12. Carol, ainda não li nenhum livro da autora, mas morro de vontade, pois assim como você apesar do clichê eu AMO romances de épocas.

    ResponderExcluir