domingo, 20 de agosto de 2017

[RESENHA] Beltane - Simone O. Marques

Título: Beltane
AutorSimone O. Marques
Editora: Alfabeto
Ano: 2015
Páginas240
Boa tarde aventureiros!
A resenha de hoje é de livro nacional, uma obra de uma grande autora que eu adoro! Uma saga que explora a trajetória de mulheres fortes e destemidas, que lutam por um lugar onde possam ser livres e construir suas vidas sem o medo e a perseguição.

As Filhas de Dana me conquistou logo de cara quando conheci a Simone na bienal de SP em 2014 e ela me apresentou seu livro. Para mim foi a melhor compra/aposta na bienal. Os primeiros livros Paganus(resenha aqui) e Samhain(resenha aqui), se passam em Portugal e Brasil no século 17 e nos apresentou a Gleide, Adele e Daniele, três gerações de uma família de mulheres pagãs que fogem da perseguição da igreja.

Apesar de não ser o desejo de Gleide, Adele encontrou o amor e construiu sua própria família com Diogo, dessa união nasceu Daniele e Mateus, mas para protegê-los os enviou com Guilherme para que eles pudessem partir para o Brasil e ficarem seguros. Mas apesar do sentimento forte que sente por Daniele, Guilherme não é capaz de ignorar completamente as origens pagãs da jovem o que a deixa em perigo, a jovem conseguiu realizar sua fuga para o Brasil com a ajuda de Antonio, irmão de Guilherme e nessa nova terra, construiu uma família adorável junto a ele.

Mas o ódio e a intolerância a alcançaram mesmo assim e causou mais dor e sofrimento. Assim, Daniele precisa fugir e deixar o lar que um dia a fez feliz e enterrar o sofrimento que a atingiu, além de deixar para trás uma parte de si mesma, sua filha Teresa, que será protegida pelo casal que os acolheu, em busca do local onde se encontra sua missão para com sua deusa. Esse local se encontra na Chapada dos Veadeiros/GO, um local onde ela deverá construir um lar para sua família, que cresce mais a cada dia.

Tereza cresceu cercada de conforto e amor, sendo criada por seus avós postiços Amâncio e Dona Olímpia e na religião que um dia perseguiu sua mãe. Prometida desde pequena ao filho de seus avós, Henrique, um rapaz arrogante e frio, a jovem se vê encantada com Miguel Dias, o jovem vizinho da fazenda em que vive, poucos anos mais velho que ela mas que a encantou desde criança depois de um episódio envolvendo uma bezerra fujona.

Conforme os anos passam o encantamento evolui e surge um sentimento belo e puro. Mas existem circunstâncias sobre a família de Miguel que pode atrapalhar esse relacionamento e algumas pessoas vão usar de tudo para afastá-los.

Adelaide, descendente da linhagem de Gleide, é uma jovem do século 20 que também sofre com seus dons por não ser aceita e é encarcerada em uma casa de recolhimento onde as freiras fazem de tudo para domar seu espírito, mas anseia pela chegada de um homem que salvará sua alma, que fora prevista pelo espírito da mulher que aparece em seus sonhos. 

A narrativa da Simone é fluida e a história é tão envolvente e apaixonante. As personagens criadas pela Simone são mulheres que passaram por sofrimentos inimagináveis mas que mesmo assim possuem um propósito e não se desviam de seu destino, sempre em busca de uma vida melhor com graça e coragem.

A única coisa que me incomodou um pouco ao terminar a leitura foi a brevidade da história, EU QUERIA MAIS hehe são tantos personagens incríveis e tantas tramas que poderiam ter sido melhores exploradas como a jornada de Lara, a vida de Daniele e Antônio após se instalarem no Goiás, o envolvimento de Guilherme e Catarina e até mesmo a vida de Adelaide que foi uma breve parte do livro. Apesar de tudo, a história foi concluída sem delongas pois fora mais focada em Tereza e sua missão, mas seria legal ter nem que fosse alguns contos para essas tramas paralelas, quem sabe né?

Já comecei a ler duas outras séries da autora como Crônicas do Reino do Portal e Sabores do Sangue, e apesar de ter gostado bastante, a saga das Filhas de Dana ainda é a minha favorita da autora e se tornou uma das leituras favoritas na vida! A escrita é mais madura e bem desenvolvida, e a história bem no estilo que eu gosto. Uma pena que agora chegou ao fim, mas sei que ainda há outras obras da autora que explora esse mesmo estilo e não vejo a hora de conferir, Dois Mundos acredito que é uma distopia que continua a história das Filhas de Dana, então já está na minha lista de desejados.

Então super indico para quem gosta de uma ótima história de época com personagens femininas fortes e corajosas, e uma narrativa deliciosa e emocionante, uma obra bem escrita. ^^ 

Alguém aí já leu? Me contem o que acharam. =)
Beijos

domingo, 13 de agosto de 2017

[RESENHA] Animais Fantásticos e Onde Habitam

Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam - Roteiro Original
Título Original: Fantastic Beasts and Where To Find Them - Original Screenplay
Autor: J. K. Rowling
Editora: Rocco
Ano: 2017
Páginas: 304
Bom dia aventureiros!
Cadê os fãs de Harry Potter e do mundo bruxo?
Eu cresci com Harry Potter, assim como uma grande parte dos jovens da minha geração, então tenho um carinho especial pelo mundo que a JK criou e tudo que ela vem desenvolvendo desde que a saga do jovem bruxo chegou ao fim.

Foi uma alegria enorme para todos os fãs quando anunciaram que seria adaptado para os cinemas histórias sobre Newt Scamander, o famoso magizoologista que escreveu o livro Animais Fantásticos e Onde Habitam, um manual sobre animais do mundo mágico bastante utilizados pelos alunos de Hogwarts.

A questão era que JK não havia escrito livros sobre esse personagem, mas as histórias estavam com ela naquela mente fantástica, e qual foi a surpresa quando o estúdio a convidou para escrever o roteiro do filme.

Esse livro é o roteiro original do filme que foi lançado em novembro do ano passado(2016), então ao mesmo tempo que é uma resenha do livro, é também do filme. A edição da Rocco ficou belíssima e vale a pena ter na estante, em capa dura e com jacket, com detalhes nas páginas.
Muito antes de Harry ser marcado por Voldemort, ou de aquele que não deve ser nomeado causar medo aos bruxos, houve um bruxo que ficou bem conhecido na comunidade bruxa: Gellert Grindelwald, conhecido na saga Harry Potter como um grande amigo de Dumbledore em sua juventude, mas que após trágicos eventos se tornaram rivais. 

Nos anos 20, enquanto o mundo bruxo se preocupa com a fuga de Grindelwald na Europa, Newt chega a Nova Iorque com sua maleta misteriosa e cheia de animais fantásticos, mas enfrenta problemas logo em sua chegada com a fuga de um de seus queridos animais o que leva a várias confusões e uma troca indesejada de maletas com Jacob, um trouxa.

A comunidade bruxa nos Estados Unidos é bem diferente da Inglaterra, com regras mais rígidas retrógradas, como o envolvimento entre bruxos e Não-Majs que é inaceitável e a criação de animais fantásticos é totalmente proibida.

Tina é uma jovem funcionária do MACUSA(Ministério da Magia dos EUA) que perdeu seu posto de auror após problemas envolvendo Não-Majs(conhecidos Trouxas na Inglaterra) e encontra Newt e sua maleta de criaturas magicas causando problemas em meio a uma cidade que está sendo atacada por algo não natural, o que ameaça expor toda a comunidade mágica. 

Newt é um bruxo peculiar, curioso e que possui alguma dificuldade em se envolver facilmente com outras pessoas, acho que por isso ele se dá tão bem com os animais, ele os entende e sabe como é não ser aceito ou compreendido.
Reunidos em busca dos animais, Newt, Tina, Jacob e Queenie, são um grupo bastante divertido que se envolve em bastante confusão e acabam criando laços de amizade bem fortes. Tentando impedir que o mundo bruxo seja expostos e que continuem vivos ao mesmo tempo, eles precisam ir atrás de um ser que para muitos bruxos não passam de mitos.

Os animais que nos são apresentados são super fofos e apaixonantes, e o Newt possui uma habilidade natural de se envolver e cuidar deles. Seu trabalho é ajudar outros bruxos a compreenderem esses animais tão diferentes e especiais e isso é algo que me tocou muito, e acho que o carisma de Queenie, Tina e Jacob e como eles reagem aos animais após conhecê-los melhor é algo que fortalece ainda mais os laços de amizade que surgem entre eles.

Diferentemente de Harry Potter, Animais Fantásticos é uma saga mais madura, com personagens já em idade adulta e cheio de desdobramentos e tramas, mas de uma leveza que agrada a todos os públicos, desde os mais jovens.

O filme é tão incrível e fantástico e com efeitos especiais tão bem feitos e cuidadosos que a gente sente como se estivesse lá com o grupo. Apesar do começo divertido e mais tranquilo, logo as coisas ficam eletrizantes e as cenas cheias de ações e duelos com varinha.
O elenco do filme me agradou bastante! Com nomes mais conhecidos como Eddie Redmayne(Newt), Colin Farrell (Percival Graves), Ezra Miller (Credence), o elenco se completa com atores mais desconhecidos do público mas com atuações de primeira. A química entre os personagens é maravilhosa e a trama é envolvente.
Eu já garanti o meu filme na coleção e não me canso de assistir! É sempre incrível viajar por esse fantástico mundo bruxo que J. K. Rowling criou. Ao ler o roteiro a gente imagina o filme passando, mas o roteiro tem alguns complementos bem bacanas para o desenvolvimento das cenas.

A história deixa as portas abertas para uma continuação e já sabemos que a saga irá contar com 5 filmes, sendo o segundo com o lançamento para novembro de 2018, e uma novidade que já sabemos é que teremos Albus Dumbledore, cujo intérprete será o ator Jude Law, então já estou mais do que ansiosa.

Então só posso dizer que sou fã, e se você também é tem que conferir, não só o filme mas o roteiro também. Quem aí já leu ou viu o filme? Não deixem de comentar sobre o que acharam.
Beijos