sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Fica a dica: “CREED: Nascido para lutar”



Lançamento: 14 de janeiro de 2016 (2h14min)
Dirigido por: Ryan Coogler
Com: Michael B. Jordan, Sylvester Stallone, Tessa Thompson.
Gênero: Drama
Nacionalidade: EUA

Sinopse: Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador e, enquanto um luta pela glória, o outro luta pela vida.

 Quem nunca assistiu ou não conhece a história de Rocky Balboa? Esse filme nos deixa com a sensação de que será mais do mesmo, quando na verdade a diferença é notória.
O filme se tornou uma franquia que contou com mais 5 filmes, o último de 2006, supunham todos que a franquia enfim havia encerrado.
Mas, 10 anos depois eis que o nome de Rocky Balboa retornou aos cinemas. Dessa vez, Balboa é ator coadjuvante, e Stallone além de atuar também foi o produtor.
O filme conta a história de Adonis Johnson filho de uma relação extraconjugal do lutador Apollo Creed, que foi o maior adversário de Balboa, morreu antes do nascimento do filho, em Rocky IV.
Adonis perdeu sua mãe cedo e passou a maior parte de sua infância em reformatórios, por sempre brigar com os demais.
A vida de Adonis muda quando o mesmo recebe a visita da viúva de Apollo, que o convida para morar com ela, e o cria como seu filho.
Já adulto, nunca desistiu das brigas e sempre vai para o México para lutas clandestinas.
Por ser filho de Apollo, ninguém quer treinar o mesmo, que abre mão de tudo para ser um lutador de boxe.
É aí que ela vai para a Filadélfia, atrás de Rocky Balboa lhe pedindo para ser seu treinador.
Após muita relutância, Rocky aceita treinar Creed, mas algum tempo depois descobre que está doente.


Esse foi o único filme com Rocky que o roteiro não foi escrito por Stallone.
Mas confesso que pela trama bem desenvolvida acabou sendo o que mais me cativou.
Esse filme não mostra apenas o astro Balboa, mas sim o velho Balboa, viúvo, levando uma vida simples, sozinho.
A primeira cena do filme já é uma luta impressionante. Vale a pena assistir. É mais emocionante do que os demais filmes.
Pra quem já viu ou quer ver deixe nos comentários.
Espero que tenham gostado.
Beijos. =)



2 comentários:

  1. Oi Bruna!
    Me convenceu aqui, consegui o filme há um mês, mas ainda não animei de assistir. Acho que você levantou uns pontos que agradam, como uma trama mais desenvolvida, acho que vai ser o filme da madrugada de hoje <3
    um abraço!
    Pandora
    Pan's Mind

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pandora, Depois passe por aqui e nos conte o que achou!
      Eu fiquei surpresa com duas situações, a primeira foi a Michael B. Jordan, não ter sido indicado ao Oscar, pois gostei muito de sua atuação. E a segunda foi de Stallone não ter levado o prêmio de melhor ator coadjuvante nesse Oscar. Se você já assistiu, talvez tenha tido a mesma impressão que eu, a de que foi a melhor atuação que ele já fez na vida dele! Bjs =)

      Excluir