segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Resenha: A Libélula No Âmbar - Diana Gabaldon

Bom dia aventureiros.
A resenha de hoje é do último livro que eu li no ano de 2015, e foi um ano que fechou com chave de ouro!

Título: Outlander 2 - A Libélula No Âmbar
Título Original: Dragonfly in Amber
Autor: Diana Gabaldon
EditoraSaída de Emergência Brasil
Ano: 2014
Páginas: 944
"Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistérios, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo circulo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... e sobre o guerreiro escocês que a levou da seguranças do século XX para os perigos do século XVIII.
O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?"


Depois que terminei de ler A Viajante do Tempo, fiquei louca querendo ler o segundo e acabou que pedi em junho e só chegou em outubro. Aí foi a época difícil na faculdade e eu tive que protelar a leitura, mas agora durante essas férias eu comecei a ler.

O primeiro livro terminou com Claire e Jamie seguindo rumo à França, com o objetivo de impedir a revolta jacobita realizada por Charles Stuart. Em A Libélula no Âmbar,  Claire se encontra de volta a seu tempo, e um lapso de 20 anos se passou, com uma jovem e bela filha, viúva de Frank e cheia de segredos sobre seu passado. 

Então ela decide que é hora de contar a verdade para sua filha, Brianna, a verdade sobre o que aconteceu com ela 20 anos atrás e qual a real origem da garota. E aí ela inicia a narrativa a Brianna e ao jovem filho do reverendo sobre o escocês a quem ela entregou seu coração e sua alma.

Após chegarem a França, Claire e Jamie são recebido por Jared, primo de Jamie e comerciante de vinhos famoso na capital. Lá Jamie acaba por assumir parte dos negócios do primo, tanto como forma de sobreviver como um gancho para se aproximar da alta sociedade e descobrir os planos de Charles Stuart para recuperar o trono.

Claire, como sempre, uma pessoa ativa e prestativa, utiliza seus conhecimentos para ajudar aos mais necessitados e doentes, ajudando como voluntária em um hospital. Em meio a nobreza parisiense e a pessoas influentes, os dois passarão por situações perigosas e inusitadas, e terão que fazer sacrifícios para se manterem vivos.

Quando os planos de Jamie tomam um rumo imprevisto, eles são obrigados a retornar a Escócia, onde antes era um fora da lei. A caminho de sua casa e família, Jamie crê que finalmente poderão ficar em paz e dar um lar feliz para sua esposa, mas quando a revolta jacobita estoura, coloca não apenas sua propriedade em risco, mas as vidas de todas as pessoas que o cercam.

Foi uma leitura grande, pois o livro tem 944 páginas e com as festas de fim de ano acabou que dificultou um pouco mais a leitura. Mas assim como o primeiro livro, esse tem muita ação. Muitas tramas e conspirações, muitas cenas românticas e algumas cenas muito comédias.

Certamente, o começo desse livro foi inusitado. A autora resolveu começar a narrativa por um ponto no futuro e somente depois iniciar a narrativa a partir do ponto onde parou o primeiro livro. Para mim foi uma surpresa e tanto, e eu gostei da forma como foi escrito, o que me deixou mais ansiosa ainda para chegar ao final.

Esse livro é um livro que mexe com o nosso emocional, eu sofri do início ao fim, torci por Claire e por Jamie, por Brianna, por Mary e Alex e pela causa Jacobita. É uma verdadeira aula de história, uma vez que a autora pegou uma história real que aconteceu na Escócia e a romantizou.

Só tenho a dizer que a saga é ótima, e até agora não tenho o que reclamar das leituras, ambos os livros me conquistaram e a escrita da autora é maravilhosa. Eu não vejo a hora de ler o livro três e que sejam lançados os próximos! Sei que os livros são enormes e algumas pessoas desanimam de ler, mas um conselho, pelo menos tente ler para saber se te agrada. As vezes o livro grande poderá ser lido mais rápido que o menor.

Quem aí já leu? Me contem o que acharam.

Beijos

10 comentários:

  1. Oii, Carolina!

    Os livros dela são tão grandes! E você está indo para o terceiro. Eu li o primeiro livro e não pretendia ler os outros, mas gostei muito da sua resenha que até me convenci um pouquinho de voltar atrás...

    beijos,
    estilhacandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Vivi, não desista! A partir do terceiro livro já não são tão grandes, são divididos em duas partes para não ficarem gigantes. E a história é maravilhosa. ^^

      Excluir
  2. Gostei muito do seu ponto de vista.
    Comprei outlander logo que lançou e nunca li.
    Minha meta pra 2016 é ler ele inteiro.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conta o que achou hein... Beijos

      Excluir
  3. Oi. eu li o primeiro e ainda não pedi o segundo por questão de tempo, o livro é muito grande e precisaria dedicar tempo a leitura. Eu acho Outlender sensacional, espero um dia ler toda a série. Eu gostei de saber do começo do livro, um ponto no futuro, essa autora arrasa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lilian, esse livro é necessário ter um tempo a mais livre, até porque ele é tão grande que fica desajeitado de levar para todo lugar =S

      Excluir
  4. Oii,

    Vi muitos comentários bem positivos com essa série. Mas estou pensando em ver a série de TV, para ver qual é...hahaha. Mas gostei muito da sua resenha, é bem detalhada com a história e a sua opinião. Parabéns.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ao assistir a série você vai ficar ainda mais animada com os livros hehehe o elenco é incrível!

      Excluir
  5. Oiiie
    Muito legal a resenha e que bom qeu a leitura te agradou tanto, não leria mas é uma boa dica para quem curte

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia nem o primeiro nem esse segundo, mas acho bacana esses livros que, como você disse, mexem com nosso emocional. 944 páginas, que livro grande hein! haha

    ResponderExcluir